Projetar em equipes grandes pode ser complicado às vezes, porém, gostaria de compartilhar 3 dicas da minha experiência para obter bons resultados no desenvolvimento de ideias em projetos multidisciplinares.

Meu nome é Santiago Sánchez, atualmente estou no último ano como estudante de Desenho Industrial na Universidade Nacional da Colômbia. Ao longo da minha carreira tive a oportunidade de desenvolver projetos em diferentes áreas do design, nomeadamente em mobiliário, design de interiores, UI / UX design, e em maior medida em design focado na mobilidade e transporte.

Na área do design de transportes tive a oportunidade de desenvolver projetos individualmente e em equipes multidisciplinares (a nível acadêmico e profissional). Mas desta vez gostaria abordar o tema desde o design em equipes multidisciplinares, especificamente envolvidos com projetos de design que serão concretizados.

Isso se deve ao fato de que o grau de liberdade na ideação com relação aos projetos de design conceitual é muito menor, uma vez que certas variáveis técnicas devem ser levadas em consideração para que o design proposto se aproxime da realidade; o que faz com que muitas vezes na geração de ideias haja menos inovação ou variedade de ideias. Por esse motivo, gostaria de compartilhar 3 dicas que, de acordo com minha experiência, considero importantes para manter a liberdade de ideação na hora de desenhar projetos que serão concretizados.

  • 1. Não se limite aos fatores técnicos do veículo

Sim, antes mencionei que neste tipo de projeto era importante levar em consideração fatores técnicos para obter um design próximo da realidade, mas nos estágios iniciais de idealização é importante se deixar levar pela criatividade, não pensar muito nas características técnicas do veículo, que virá mais tarde. Tendo as dimensões gerais (largura, altura, comprimento) e alguns critérios de projeto (como número de pneus ou número de passageiros), basta começar a desenhar, os demais critérios podem ser negociados posteriormente com o restante da equipe. Desta forma, os resultados na geração de ideias serão muito mais inovadores e será mais fácil propor um maior número de ideias.

  • 2. Negociar ao tomar decisões de design
Quero Ler  Coleção de trabalhos de fios (arte visual)

Definido o desenho geral do projeto, desenha-se o detalhe, nesta etapa é importante fazer acordos com os demais membros da equipe, sejam eles designers ou engenheiros, cada um tem algo a contribuir.

Vou dar como exemplo um projeto que está em andamento e do qual faço parte: STEOS [Sistemas Elétricos, Ótimos e Sustentáveis de Transporte], nesta equipe estamos atualmente desenvolvendo um veículo elétrico para uma competição no Brasil chamada Shell Eco Marathon, que consiste em na fabricação de veículos monolugares que alcançam altas velocidades enquanto mantêm uma boa eficiência energética.

Esboços formais de exploração para STEOS

Quando entramos na fase de detalhamento do projeto, alguns dos engenheiros propuseram aumentar a altura do veículo para incorporar uma gaiola de proteção, porém, ao fazer essa alteração, as proporções do projeto original mudaram muito,  o que tornava o veículo um pouco estranho, além de perder a aerodinâmica.

Para resolver isso, propus aumentar um pouco o comprimento do veículo, para que pudéssemos fazer o piloto deitar mais e assim ganhar aquele espaço extra que era necessário para a estrutura da gaiola; então mantivemos boas proporções e forma aerodinâmica.

  • 3. O feedback é bemvindo

Uma das coisas mais enriquecedoras de trabalhar em equipes grandes é o fato de que você pode aprender muito com os outros, especialmente com pessoas em outras disciplinas, como engenharia; Nos projetos multidisciplinares que tenho trabalhado, sempre pude aprender coisas valiosas quando recebo feedback dos outros, é importante não se isolar dessas opiniões, é sempre bom saber como o que se faz é percebido de outra perspectiva. Isso permite que as soluções propostas evoluam e os resultados finais atendam aos objetivos.

Espero que essas dicas sejam úteis para quem ler o artigo, descrevo-as a partir de minha experiência pessoal de trabalho em projetos relacionados ao design de transportes, mas acho que podem ser úteis em qualquer outra área onde projetos de equipe sejam desenvolvidos, sejam eles apenas designers ou com membros de diferentes disciplinas.

Obrigado à equipe da IOYK MAGAZINE pela oportunidade!

Quero Ler  Entrevista Exclusiva Da IOYK ™ “M (BR) Com Luis Servin - Distrito Federal, Mexico

Siga-nos para ficar por dentro das novidades: @ioykmagazine Seguir