Desenhar para mim é muito mais que traçar linhas, criar uma figura ou imagem, desenhar me permite sonhar e fazer pessoas sorrirem com os olhos e também com os lábios. Cada desenho tem o seu valor e com um propósito muito especial se torna um valor, tesouro de alguém.

Através dos desenhos que construo durante alguns horários dos meus dias e noites, é aonde consigo transmitir os meus sentimentos para as folhas.

A partir do momento que sento na minha cadeira e começo o primeiro traço sinto que é aberta uma porta para várias oportunidades, de alegrar as pessoas, poder demonstrar a minha arte através de seus rostos, captando em detalhes as suas expressões, apresentar de forma criativa aquilo que já ficou eternamente registrado através de uma foto.

Por volta dos meus 8 anos dei os meus primeiros passos no desenho, no início a minha paixão era apenas reconstruir carros esportivos, e recriar personagens em diferentes estilos. Aos 10 anos comecei a pegar gosto em reproduzir personagens de desenhos animados e vídeo-games.

Logo após esse período, comecei a praticar e estudar mais, buscando o aprimoramento, desde então passei a me identificar com os desenhos realistas. A forma que os desenhos realistas retratam os objetos e pessoas, é encantador, e permite que o desenho seja reproduzido de forma mais análoga com a imagem original.

No decorrer desse período, tive a iniciativa de realizar um curso na cidade em que resido com o Leandro Paiva Cotta, um grande desenhista que tive a oportunidade de aprender muito como desenvolver com mais facilidade os meus desenhos e descobrir outras técnicas importantes para utilizar durante o processo de vários estilos …

O curso também me encorajou e me fez enxergar um potencial em mim que não conhecia. O Leandro além de um excelente professor se tornou um grande amigo, ele me incentiva, me ajuda, aconselha de todas as formas possíveis, e é nele que me inspiro profissionalmente para alcançar e realizar os meus sonhos.

Quero Ler  Nossa infância esquecida

Atualmente, acredito que atingi um nível mais alto, no qual eu mesmo não acreditava que seria possível. Com o amparo da minha família, namorada e amigos, venho dando grandes passos e realizando várias metas traçadas no início dessa carreira. Graças ao meu esforço consegui fazer alguns de meus desenhos chegar a pessoas conhecidas mundialmente.

À vista disso confesso que me sinto completamente feliz. Com um lápis e uma folha em minhas mãos é inexplicável a alegria que sinto ao finalizar mais um projeto. Eu não sei onde Deus irá me levar com este talento que me deu, mas já sei que estou no caminho certo, e me sinto grato.

Siga-nos para ficar por dentro das novidades: @ioykmagazine Seguir